Posts by Rafael Reinehr


Pelo menos é o que demonstra um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (USP). Doze atletas treinados foram divididos em dois grupos, nos quais um deveria realizar uma Rosca Bíceps com a velocidade de 1 segundo na fase concêntrica, 0 segundos de intervalo entre as fases, 1 segundo de movimento na fase excêntrica e 0 segundos de intervalo entre as fases (Grupo do Movimento Rápido – MR) e o outro grupo deveria fazer a mesma Rosca Bíceps com 1 segundo na fase concêntrica, 0 segundos de intervalo, 4 segundos na fase excêntrica e 0 segundos de intervalo (Grupo do Movimento Lento – ML).

O estudo demonstrou que, após 12 semanas de exercício, realizado 2x por semana, com pelo menos 48 de intervalo entre as sessões (cada sessão consistia de 3 séries de 8 repetições até a exaustão e, se o atleta fizesse menos ou mais que 8 repetições, o peso era ajustado na próxima sessão), o Grupo do Movimento Lento apresentou aumento significativo tanto na Hipertrofia quanto na Força aferidas nos testes comparativos.

O artigo completo pode ser encontrado na referência abaixo:

Pereira, Paulo Eduardo & Motoyama, Yuri & Esteves, Gilmar & Quinelato, William & Botter, Luciano & Tanaka, Kelvin & Azevedo, Paulo. (2016). Resistance training with slow speed of movement is better for hypertrophy and muscle strength gains than fast speed of movement. International Journal of Applied Exercise Physiology. 5. 37-43.

PS1: Ao longo do mês de outubro farei algumas experiências com o SuperSlow, técnica que leva ainda mais ao extremo o tempo de tensão, aumentando também o tempo de movimento na fase concêntrica igualmente. Compartilharei o resultado desta experiência individual em outro artigo relatando as percepções aqui no blog.

PS: Grato ao Prof. Santiago Paes (@santiagotpaes) pela referência acima.

Read More

Em primeiro lugar, você deve estar se perguntando: afinal de contas, que raio de Projeto Capitão América é esse, e de onde veio esse nome?

Senta que lá vem história!

Me chamo Rafael Reinehr, sou médico endocrinologista, instrutor de mindfulness e autor e pesquisador em Ciência da Felicidade (ou ao menos é como me apresento hoje, mas pode resumir como um polímata autodidata). Por muito tempo, dediquei-me ao crescimento intelectual, profissional, aos cuidados para com minha família e à livre cooperação, em vários projetos socioambientais e libertários.

Hoje, para além destas paixões, decidi tornar minha vida ainda mais harmônica e equilibrada, incluindo cuidados para com minha Saúde e Aptidão Física, que muitas vezes nestes 42 anos de vida foram deixadas em segundo plano. O Projeto Capitão América irá reunir alguns apontamentos que faço do trajeto em busca de uma transformação física e de saúde que vou conquistar, nesta “tenra” idade.

Falarei aqui principalmente (mas não exclusivamente) sobre cuidados alimentares e práticas de atividade física, algumas medidas de modulação do estresse e biogambiarras (biohacks) para melhorar a qualidade do sono, além de outras técnicas e boas práticas que visem aumentar minha Saúde, Aptidão Física, Qualidade de Vida, Bem-estar e Longevidade.

Mas e, afinal de contas, de onde saiu o “Capitão América”? Bem, acho muito bacana o assim chamado “V shape“, ou o formato em “V” que é possível construir com a prática perseverante de atividade física em um homem. Ao longo de minha vida, tive momentos mais e outros menos “fitness”, mas nunca cheguei a esta formatação de corpo.

Ao mesmo tempo em que ela não é essencial para minha felicidade, tampouco para minha longevidade, coloquei como meta alcançar o corpo do ator Chris Evans do filme Vingadores, no qual ele interpreta o Capitão América. Traçar esta meta tão rígida faz parte de um pensamento que me manterá sempre motivado para sair dos 27% de gordura corporal atuais para chegar a 10-12% daqui a alguns anos. E, talvez no caminho, influenciar outras pessoas que tem dificuldade no seu processo de transformação pessoal, quer seja por más orientações, falta de motivação e estímulo ou por outros motivos quaisquer.

E o que mais irá me animar a continuar nesta jornada, além do meu próprio ímpeto interior que é quase Imparável é a tua presença e estímulo aqui neste blog e nas mídias sociais. Quando algo que eu publicar ou compartilhar fizer sentido a você, espalhe com amor e faça chegar a todas aquelas pessoas que possam também se beneficiar!

Com muita gratidão,

Rafael Reinehr

Read More